terça-feira, 23 de agosto de 2016

Conta de energia vai ficar mais cara a partir de domingo no Maranhão


Reajuste médio será de 7,84% para 2,3 milhões de consumidores. Índice foi aprovado nesta terça (23) em reunião da diretoria da Aneel.

FONTE: G1/MA                                                     

Contas de energia elétrica da Cemar (Foto: Reprodução/TV Mirante)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (23) o reajuste médio de 7,84% nas tarifas da Companhia Energética do Maranhão – Cemar, que atua em todos os municípios do estado.

Os novos valores entram em vigor a partir do dia 28, para os cerca de 2,3 milhões de clientes da empresa. Para os consumidores residenciais, a altamédia será de 8,24%, já para a indústria a elevação média será de 8,28%.
Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Agência considera a variação de custos associados à prestação do serviço. O cálculoleva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais.Os custos típicos da atividade de distribuição, por sua vez, são atualizados com base no IGP-M.

O índice aprovado nesta terça se refere ao reajuste tarifário a que as distribuidoras têm direito e que é avaliado todos os anos pela Aneel. Os índices funcionamcomo um teto, ou seja, o limite para o reajuste que a distribuidora pode aplicar. A empresa tem autonomia para repassar aos consumidores um percentual menor.

As distribuidoras não lucram com a revenda de energia fornecida pelos geradores (usinas), mas sim com o serviço de levá-la até os consumidores. Entretanto, podem repassar para as tarifas todo o custo com a compra dessa energia.

Entenda mais sobre revisões tarifárias no endereço eletrônico da Aneel, no link entendendo a tarifa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário